Notícias

Capa do CD

Terremotos como este no Japão são muito raros, analisa sismólogo

Professor Lucas Vieiras Barros, da UNB, explica que tremores desta magnitude podem ser classificados como "super-terremotos" devido à grande amplitude da movimentação das placas tectônicas.

OuvirPlaylist